iA


Cursos Profissionalizantes

Existem dois caminhos, em geral, para quem quer aprender Acupuntura. Estes dois caminhos não são mutuamente excludentes, o que quer dizer que você pode percorrê-los ao mesmo tempo, ou um após o outro.

Um dos caminhos é direcionado para a formalização legal. A principal via são cursos reconhecidos pelas Secretaria Estaduais de Educação, que fornecem diplomas que terão registro oficial, ou que são reconhecidos por conselhos profissionais (o que só tem importância para profissionais sujeitos a estes conselhos). Um curso deste tipo normalmente oferece uma formação mais ou menos pasteurizada, centrada em livros-texto de uma forma de Acupuntura conhecida como “MTC”.

O outro caminho quem direciona é você. Frequentemente, depois de completar um curso formal de Medicina “Tracicional” Chinesa, o Acupunturista descobre que seus pacientes não correspondem aos casos dos livros-texto. Como tratar um paciente que apresente quatro ou cinco “síndromes”? O que fazer com os protocolos do Macciocia, se você não tem acesso ou não pode prescrever Fitoterapia, como ele? Como aumentar a eficácia da sua clínica, como obter efeitos imediatos, como confirmar que o paciente tem um bom prognóstico? Depois de algum tempo, o Acupunturista pode ter a sorte de descobrir que existe mais de uma tradição de Acupuntura. Na China e no Japão existem várias tradições, várias escolas. Cada uma tem seu procedimento de diagnóstico, sua orientação terapêutica, suas técnicas de aplicação de agulhas e de moxa. O que se apresenta como MTC é uma versão criada na China mais ou menos na época da Revolução Cultural, com forte influência ideológica do Maoísmo, e técnica da Fitoterapia.

Cursos Livres

Um curso livre é exatamente isto: livre para ensinar outras tradições da Acupuntura. Por exemplo, Acupuntura Japonesa (existem várias escolas desta), Acupuntura do Mestre Tong (um sistema totalmente diferente de pontos), Acupuntura pelo I Ching. O difícil é escolher um bom curso livre de Acupuntura. Como ter ceteza de que o que será ensinado funciona, ou que não é apenas uma viagem?
Eu posso oferecer uma recomendação. Se você procura um curso de Acupuntura de qualidade, que ensine a:

  • Estabelecer uma relação terapeuta-paciente conducente à cura
  • Compreeender a natureza integral do ser humano, para muito além do estereótipo holístico
  • Tratar qualquer quantidade de síndromes simultâneas, através de um caminho terapêutico simples
  • Aplicar agulhas e moxa com habilidade, sem causar desconforto ao paciente
  • Diagnosticar com segurança os desequilíbrios, tratar, e observar imediatamente a melhora através do mesmo diagnóstico

procure a Multiversidade. Seu diretor se chama Mário Fialho, e é ele quem dá os cursos.

Como eu sei disso, e como posso afirmar com tanta segurança? Porque eu e o Mário aprendemos com o mesmo Sensei (mestre) o método de Acupuntura que praticamos hoje em dia. Eu vejo os resultados deste método no meu consultório, todos os dias.